Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.
Abóboda

Abóboda

A palavra abóboda significava "fonte coberta", "fonte arcada", fonte de abóveda, coisa rara, noutros tempos, principalmente nos meios rurais. Depois, a mesma palavra servia para designar também a própria povoação onde uma fonte coberta se construía. Esta a razão por que se chamam Abóboda, pelo menos nove sítios e povoações, nos concelhos de Almodôvar, Tondela, Santiago do...

Arneiro

Arneiro

"Topónimo de fácil explicação. Arneiro é contracção de areaneiro, terreno arenoso. O diminutivo Arneirós, do concelho de Lamego e, como é óbvio, os outros diminutivos regulares Arneirinhos (7 lugares), assim como o aumentativo Arneirão (Sines e Odemira), têm a mesma origem. Com o nome de Arneiro tinha, em 1758, 14 fogos. Em 1960, 84 habitantes." In Toponímia do Concelho de...

Cabeço de Mouro

Desconhecendo-se a origem do nome, supõe-se que a escolha de cabeço esteja relacionada com o seu significado, 'cume do monte', sendo muito comum na toponímia. Talvez Possivelmente, a aparência do cabeço, quem sabe por se assemelhar à cabeça de um mouro, com turbante, teria ditado a designação do local. Ver Infopédia ( www.infopedia.pt ), Porto: Porto Editora, 2003-2014

Caparide

"Povoação conquistada aos Mouros no século XII ou no século XIII. A sua fundação é, porém, muito anterior à Nacionalidade, porquanto foram ali descobertas duas sepulturas lusitano-romanas, agora guardadas no Museu Etnológico de Lisboa. O étimo de Caparide - é «o Latim cappar aris ou cappari ou capparis, is , «alcaparra ou alcaparreira, planta hortense», segundo o Abade...

Conceição da Abóboda

Conceição da Abóboda

"A ideia de parcos recursos só principiou a sentir os ventos do progresso na década de setenta, quando algumas velhas moradias foram sendo substituídas por novos edifícios e, mais modernamente, com a implantação de uma zona fabril. Não se sabe quando se iniciou o povoamento, mas fragmentos de cerâmica pré-histórica, recolhidos no lado poente da povoação, indicam a presença...

Madorna

Madorna

Desconhece-se o que levou à escolha de Madorna como designação da localidade. Avaliando apenas pelo nome, sinónimo de modorra, leva-nos a acreditar que poderá estar relacionado com a existência de um túmulo romano ou a presença de montes de pedras na zona. Quem sabe se o topónimo não terá origem alentejana ou algarvia e a selecção do mesmo prender-se com o facto do local...

Manique de Baixo

"Reportando-se especificamente a Manique de Baixo , posso informar que num documento de 19 de Setembro de 1527 (Arquivo Histórico Portguês, vol. VI, pág. 257), se lê Manyque e Portas de Manyque 1 . A Manyque dá Forstemann as seguintes formas: Mannic , Mennic e Manniko . «A notícia mais antiga que conhecemos da povoação deste nome (Cascais) - diz David Lopes -, é de...

Matos Cheirinhos

Matos Cheirinhos

"Topónimo assaz curioso. A significação que imediatamente nos ocorre é a de matos de cheiro agradável , mas o certo é que, aqui, cheirinhos nenhuma relação tem com o sentido de olfacto. Cheirinhos está por chaneirinhos = chãozinhos . Para mais completa elucidação, pode o leitor consultar um artigo do falecido filólogo Adolfo Coelho, inserto no n.º 46 da revista...

Matarraque

Não foi encontrada qualquer referência à origem do nome da localidade.

Murtal

"Se bem contarmos, encontraremos na toponímia portuguesa mais de uma centena de povoações com o nome de murta e seus derivados: Murteira, Murtinheira, Murtosa, Murta, Murtas, Murtal, Murtais, etc.,etc... Naquele número deverá também incluir-se Murtede, do concelho de Cantanhede, «que vem de murteti, locativo ou genitivo de murtetum murtal» e ainda, embora, à primeira...

Outeiro de Polima

Outeiro de Polima

Até ao início da década de sessenta, a povoação de Outeiro de Polima era constituída por meia dúzia de casas. A chegada de emigrantes de diferentes pontos do país, principalmente da província alentejana, ditou o crescimento do agregado populacional a partir de 1961. "(...) Bastaria, portanto, a posição privilegiada que goza, entre a serra e o mar, bem lavada de ventos e maus...

Penedo

A escolha do nome de penedo, que significa 'rochedo' ou 'pedra grande', poderá estar relacionada com as características da localidade, mais elevada comparativamente a outras vizinhas, e que se avistaria bem no horizonte. Ver Infopédia (www.infopedia.pt), Porto: Porto Editora, 2003-2014

Polima

Polima

"Parece-me que há neste topónimo alusão a um nome ou apelido pessoal, pois, próximo de Polima, já no concelho de Oeiras, há, como se sabe, a povoação de Caspolima. Ora, cas era, no português arcaico, o mesmo que casa e, junto a certos nomes, formou topónimos como Casfreires (= Casa dos Freires), Cascorreias (=Casa dos Correias" ao todo uns catorze, segundo averiguou...

Rana

Rana

"O próprio nome da povoação basta para atestar a sua antiguidade. Rana é o português antigo rana , o mesmo que rã (do Latim rana ). Não me custa acreditar que Rana fosse fundada, como outras terras do concelho, por espanhóis, porquanto há um lugar com o mesmo nome no município de Nava, província de Oviedo, e nada vejo na região de que pudesse provir tal denominação...

Rebelva

"Que eu saiba, nunca nenhum dos nossos filólogos se ocupou da origem etimológica da Rebelva . Fá-lo agora o modesto autor deste opúsculo, crente de que alguma coisa poderá resultar, de proveitoso, de uma das duas hipóteses seguintes: 1.ª - Como se sabe, antes da adopção do sistema métrico decimal , e até muito depois, usava-se no País um sistema de pesos e medidas, que...

S. Domingos de Rana

S. Domingos de Rana

"Não encontramos o que quer que fosse escrito acerca da origem do nome da localidade. Todavia, não parece difícil concluir-se que o nome da povoação lhe adveio do facto de ali ter sido construída a igreja dedicada a S. Domingos de Gusmão, que é o seu orago, e que, a pouco e pouco, se transformou, para uma mais fácil identificação, em São Domingos de Gusmão, que é o seu orago...

Talaíde

"Suponho que este nome proveio de um hipotético apelativo talaíde, diminutivo de talam, o mesmo que atalaia.Talam, por Atalaia, figura como apelido, e nos registos do Museu Etnológico, respectivos à Senhora da Atalaia, vê-se Senhora da Talaia. No distrito de Viseu há uma quinta chamada da Talaia, e na Espanha há várias povoações com o nome de Atalaia. Em 1758...

Tires

"Outrora Tyras , segundo um documento de 1527, de que dei conhecimento aos leitores no n.º 176 d' A Nossa Terra . Barruncho escreveu Tiris , decerto influenciado pela pronúncia popular da época, e o abade de Miragaia - o único etimólogo, julgo eu, que de Tires tratou -, tímida e resumidamente compara este nome a ...Pires! Pouco disse sobre o assunto, e nada perderia, se...

Trajouce

"Barruncho es'creveu Trajousse, com dois ss, tal como se vê no 4.° volume, pág. 149, do Arquivo Histórico Português. Não sei qual das duas formas, Trajouce e Trajousse, é a legítima, porquanto não pude averiguar a proveniência do vocábulo. Sei apenas que o lugar é muito antigo, pois já existia nos primeiros tempos da monarquia. Nessa época, viveu em Portugal um grande...

Zambujal

Zambujal

"Este nome proveio, sem dúvida, do colectivo zambujal , mata de zambujeiros. O zambujeiro é, como se sabe, uma espécie de oliveira brava. Em 1527, tinha 6 fogos, e, em 1758, 27. População em 1960, 830 habitantes." In Toponímia do Concelho de Cascais, de J. Diogo Correia, pág. 56, Edição da Câmara Municipal de Cascais, Cascais 1964

Entre em contacto connosco

Rua D. Duarte de Menezes, 12
2785-582 S. Domingos de Rana

  214 549 190
  926 268 206

Horário da Sede: Segunda a Sexta, das 9h00 às 18h00