Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Abóboda

A palavra abóboda significava "fonte coberta", "fonte arcada", fonte de abóveda, coisa rara, noutros tempos, principalmente nos meios rurais. Depois, a mesma palavra servia para designar também a própria povoação onde uma fonte coberta se construía. Esta a razão por que se chamam Abóboda, pelo menos nove sítios e povoações, nos concelhos de Almodôvar, Tondela, Santiago do Cacém, Serpa, Évora, Beja, Elvas e Santarém.

Há também Aboadela (Lamego), antigamente Abovedela, e Bobadela, nos concelhos de Oliveira do Hospital, Boticas, Chaves e Loures, ambos com significação de pequena abóboda.

Abóboda com Trajouce tinham, em 1527, onze fogos. Em 1758, só a Abóbada, 22. Em 1960, 546.

In Toponímia do Concelho de Cascais, de J. Diogo Correia, pág. 11, Edição da Câmara Municipal de Cascais, Cascais 1964

Entre em contacto connosco

Rua D. Duarte de Menezes, 12
2785-582 S. Domingos de Rana

  214 549 190
  926 268 206

Horário da Sede: Segunda a Sexta, das 9h00 às 18h00