Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Reflexão sobre um ano de mandato

24.10.2018

É com muito gosto que me dirijo a todos vocês.
Passado um ano do atual mandato, à frente de uma das maiores freguesias do país, é sem dúvida um orgulho sentir que, apesar das diversas dificuldades encontradas, conseguimos levar a cabo os nossos objetivos, procurando servir a população residente, dentro das nossas possibilidades e o nosso escasso orçamento, para uma freguesia desta dimensão. 
Não conseguimos chegar a todos, nem fazer tudo o que pretendíamos, mas fizemos o que achamos prioritário, nas diversas vertentes.
Paticamos e adotamos uma gestão equilibrada, séria e transparente, como uma das nossas bandeiras.
Novos apoios na área social, aos idosos e carenciados, mas também com algumas iniciativas de animação que contribuem para combater o seu isolamento.
Na intervenção social, abrangemos as diversas faixas etárias e com o Fundo de Emergência Social procurámos colmatar dificuldades e intervir onde outras instituições não puderam.
Realizámos diversas parcerias, sempre com um único propósito servir os residentes na freguesia.
Alargámos a resposta da Clinica Social, abrindo um segundo pólo, que além dos atendimentos de psicologia, a população pode usufruir de Terapia da Fala e Terapia assistida com Cães.
Terapia Ocupacional para seniores em dois locais da Freguesia e Terapia para seniores com demências numa terceira localidade da freguesia.
Apoio psico-sócio-laboral a pessoas ex-reclusas e suas famílias, um projecto-piloto na freguesia, em parceria com a instituição O Companheiro, com atendimento especializado, de encaminhamento e reencaminhamento, assim como apoio integrado e complementar aos técnicos locais que acompanhem utentes e famílias em processos de reinserção social.
Demos ainda continuidade a todos os anteriores projectos e fizemos propostas.
Intervenções e manutenções em todas as escolas e espaço público.
Vimos realizados um desejo, muitas vezes, por nós reivindicado, a reabilitação das Ruinas Romanas de Freiria.
Continuaremos a reivindicar a reabilitação do nosso património.
Não realizámos grandes obras, porque essas são da responsabilidade da Câmara, que para isso recebe os impostos de todos, mas continuamos a insistir naquilo que achamos que é um bem para a comunidade desta freguesia de forma a que as tão faladas assimetrias entre o interior e o litoral sejam resolvidas.
Muitas dificuldades surgiram neste ano, muitos entraves, muita luta, muita resiliência e teimosia, muita vontade de servir, com a mesma determinação do primeiro dia.
E se toda a nossa atuação a nível interno tem corrido bem, porque depende em grande parte de nós, ao nível externo as coisas podem ser mais complicadas, pois há mais intervenientes, e as decisões finais estão dependentes de outras entidades.

Obrigado a todas e a todos. 
Aos que me acompanham no executivo e trabalham em prol do bem comum.
Aos que nos acompanham na Assembleia de Freguesia e são o nosso suporte na ajuda e orientação do melhor caminho ao serviço de toda a população de São Domingos de Rana.

Obrigado a todos os colaboradores da Junta de Freguesia, que vestem a camisola, com competência e extrema, dedicação e profissionalismo, salvo algumas exceções, estão sempre disponíveis para colaborar na procura do melhor para os nossos fregueses e freguesas.

A Presidente da Junta de Freguesia
Maria Fernanda Gonçalves

 

 

Entre em contacto connosco

Rua D. Duarte de Menezes, 12
2785-582 S. Domingos de Rana

NIF/NIPC: 506844781

  214 549 190
  926 268 206

Horário da Sede: Segunda a sexta, das 9H00 às 17H00, exceto à quarta-feira, das 9H00 às 20H00